29 maio, 2008

Festa do Fado - Parcerias Inesperadas no Castelo


Mais uma vez, a Festa do Fado - que decorre no Castelo de S.Jorge, de 6 a 28 de Junho, integrada nas Festas de Lisboa propõe uma série de concertos com parcerias - muitas delas inesperadas, outras nem tanto - entre gente do fado e de outras áreas musicais. Este ano, o programa inclui concertos de Camané com o seu produtor e cúmplice de longa data José Mário Branco (dia 6); de Teresa Tapadas com a cantora de jazz Paula Oliveira (dia 7); de Jorge Fernando com o rapper Sam the Kid (dia 13), de Lula Pena com o acordeonista Richard Galliano, o guitarrista Custódio Castelo a as Adufeiras de Monsanto (dia 14); de Mafalda Arnauth com o Ensemble Costa do Castelo (dia 20); de Joana Amendoeira com o Mar Ensemble cantam (dia 21); de Carminho (na foto, de Margarida Martins) e do seu irmão Francisco Andrade com a mãe de ambos Teresa Siqueira (dia 27); e, finalmente, de Carlos do Carmo com o pianista e maestro António Victorino d'Almeida (dia 28).

7 comentários:

laura disse...

O Castelo é sempre um bom local para haver festa e concertos. E ainda me lembro como se fosse ontem da primeira vez que vi a Lula Pena... Apaixonei-me por ela. :)

António Pires disse...

Laura:

É, pois :) E eu sei que te apaixonaste pela Lula Pena - ainda me lembro do teu texto acerca do concerto dela no Maxime.

Beijos...

isabel victor disse...

Belíssimo programa ! Vou tentar " assaltar " o castelo, numa destas noites ... estreladas

:))


Bj*

iv

António Pires disse...

Isabel Victor:

É pois!! Há aqui algumas parcerias imperdíveis (a Lula Pena promete uma grande noite).

Beijo*

elle disse...

gostava de ver Lula Pena e Carminho!

António Pires disse...

Elle:

Sim, também estão no meu top de prioridades: a Lula Pena pelo que já disse a Carminho pelo que promete vir a dar ao fado... Vi-a duas vezes, na Mesa de Frades, e lá é espantosa!!! Vamos ver como é que se dá com um palco ao ar livre :)) Espero que seja uma grande noite para ela!!

elle disse...

nunca vi Lula Pena ao vivo. E a Carminho vi-a uma vez, por acaso, numa casa de fados, no bairro alto (nao me lembro do nome), há praí 2 anos. De calças de ganga e t shirt (nao precisava de xaile para cantar). Nao a conhecia e impressionou-me muito. Depois para meu espanto, reconheci-a quando se começou a falar dela. Dei comigo a pensar: esta, é aquela miuda que vi no bairro alto!!! (esta miuda promete!!)