07 novembro, 2007

Lula Pena - Um Desejado Regresso a Lisboa


A cantora e guitarrista Lula Pena (na foto, de Mário Pires, da Retorta) - uma das maiores, se não a maior, reinventoras do fado, pela coragem com que aborda o género e o cruza com muitas outras músicas, transformando clássicos do fado (e não só) em caixinhas de música que são também caixinhas de surpresas - está de volta a Lisboa, depois de um memorável concerto na ZDB, para um concerto em solo absoluto (só ela, a sua voz e a sua guitarra), este sábado, dia 10 de Novembro, no Maxime. Do reportório constam canções de «Phados» (o seu já longínquo álbum de 1998), do álbum perdido na bruma e nunca editado «Profissão de Fé» e outras compostas, ou trabalhadas, desde então. As portas da antiga boite da Praça da Alegria abrem às 22h00 e o bilhete custa dez euros.

Adenda depois do (maravilhoso) concerto de Lula Pena no Maxime: a melhor reportagem do espectáculo - um texto que eu gostaria de ter escrito (é mesmo inveja, embora da boa :) - está no Um T1 Debaixo da Ponte, aqui.

16 comentários:

isabel victor disse...

E ... eu não conhecia.
Vou procurar.

Abraço

António Pires disse...

Isabel Victor:

Parece um trocadilho barato, mas a Lula vale mesmo a... pena!! Já vi vários concertos dela e, apesar de por vezes terem um reportório-base comum, há sempre muitas surpresas, das boas!!

Abraço

laura disse...

Uma "Lula recheada" de surpresas, então... :))

(por falar em trocadilhos baratos, ehehe)

abraço

António Pires disse...

Laura:

:))) Sim! E não é um trocadilho barato... Ou melhor, depende dos preços praticados nos restaurantes :)))

Abraço

Bandida disse...

eu continuo à espera dos regressos a Lisboa mas não é dela...


:))))


beijo A.

B.

António Pires disse...

Bandida:

:))))

Beijo B.

A.

Chá de Lucia Lima disse...

Lula Pena -- conheci-a através da participação em "Pasion" com o Rodrigo Leão. Essa música cantada pela Lula nada se compara às outras versãoes, apesar de mt boas tbm! Depois, adquiri os trabalhos que encontrei dela. Passei a amigos que sabia apreciadores de boas vozes e quase todos dissera: Lindo!!! Desconhecia!

E p'los vistos, mts outros desconheciam...quase inacreditável!
De quem é a culpa.............? :-/

Kandandus

António Pires disse...

Lúcia Lima:

Sim, a Lula Pena devia ter muito mais visibilidade e também uma carreira discográfica continuada que fizesse justiça ao seu talento. Mas vários desencontros ou oportunidades perdidas, mais do que a «culpa» de quem quer que seja, não o permitiram. Fica, assim, o culto de muita gente que enche sempre os seus raros concertos (na Culturgest e na ZDB em Lisboa; em duas edições, incluindo a deste ano, do FMM de Sines...) e a esperança de que haja um novo álbum a sair um dia destes... Assim os deuses e os «fados» o permitam!

((Kandandus))

Terpsichore E. M. disse...

Caro dono do Raízes e Antenas,
Há tempos (quando eu descobri o vosso blog e o juntei aos links) o senhor foi à www.ailhadosamores.wordpress.com - gostou, comentou, etc - e depois tirou o link? Que é que se passou, se não é demais perguntar?

Cumprimentos

António Pires disse...

Terpsichore:

Tem toda a razão (blushing!!!)... mas não sei o que se passou. Simplesmente desapareceu (e já aconteceu com outros links, vá-se lá saber porquê...). Mas para compensar, vou já adicionar A Ilha e a Lira...

Peço desculpa e... cumprimentos meus também...

Terpsichore E. M. disse...

Então ainda bem que perguntei!...
Bem, então, cuidado, porque para a próxima, ''terá'' que juntar também o www.aarte.wordpress.com hehe

São três: A Ilha, é dedicado a questões do Espírito e da Filosofia .

A Lira, é dedicado à música e dança.

E A Kalokagathia, é dedicado à escultura e pintura. (embora ainda no começo).


E já que estou aqui, António, uma pergunta: os blogs que metem muita imagem e sobretudo videos, ficam lentíssimos e é uma grande chatice para os visitantes - mas no seu blog, não há esse problema. Como é que isso se alcança?


Cumprimentos A

T.

:)

António Pires disse...

Terpsichore:

Que nãoi seja por isso... O das artes vai também já ali para o lado... :)) E não sei muito bem como é que isso se «alcança» - apesar deste blog já ter um ano e meio ainda não sei sequer como pôr músicas e vídeos... Mas talvez seja por isso, por não sobrecarregar com demasiada informação o espaço disponível.

Cumprimentos T.

A.

Terpsichore E. M. disse...

Caro António
É muita amabilidade sua!
Perdoe a falta de atenção! Como o seu blog é de música, e é blogão mesmo, pensei que tivesse um monte de video, mesmo antes de verificar. Mas afinal o António limita-se a por as imagens, e faz muito bem.

Como foi tão gentil, espero vê-lo pelas minhas ''residências'', aturando todas as coisas ''chatas''....hehe

Um obrigadão !

Cumprimentos LAAargos

da T

António Pires disse...

Cara Tepsichore:

Obrigado pelo epíteto «blogão» dirigido ao R&A! E sim, serei visita constante das suas coisas «chatas»...

Cumprimentos e... «larguras»,

A.

laura disse...

Ohhh... Tu escreverias textos muitos melhores, que eu sei... :)) Mas muito, muito obrigada por tão simpáticas palavras.

Abraço,

Laura

António Pires disse...

Laura:

Não escreveria nada... :)) E antes que isto se transforme numa «batalha de flores» entre camaradas de ofício, só para rematar: o teu texto é mesmo o espelho fiel do que foi aquele concerto (e do que se sente num concerto daqueles). Obrigado eu :))

Abraço...