30 novembro, 2006

«Do Outro Lado» - O Triângulo do Mar


Que há laços históricos a unir géneros musicais portugueses, brasileiros e africanos já se sabe desde há muito tempo. Mas só agora parece estar a haver uma consciencialização global, efectiva e com frutos criativos, desse facto. Três exemplos são o recente e espantoso documentário «Lusofonia, A (R)evolução», o espectáculo «Cantos na Maré» (que junta cantores e músicos galegos, portugueses, angolanos, cabo-verdianos, brasileiros e que vai ser mais uma vez apresentado na Galiza, em Pontevedra, dia 16 de Dezembro...) e o projecto «Do Outro Lado», de Carlos Martins. Dos dois primeiros falarei aqui proximamente. Do terceiro, dá-se conta de mais uma apresentação, hoje, dia 30, no Teatro Municipal de S.Luiz, em Lisboa.

«Do Outro Lado» é um disco dirigido por Carlos Martins - respeitadíssimo saxofonista de jazz que também esteve à frente da «orquestra» Sons da Lusofonia - em que se juntam jazz, fado, mornas cabo-verdianas e modinhas brasileiras (e não é preciso referir o «mistério lundum» para se perceber o conceito por trás da ideia). No espectáculo de hoje à noite participam - e este é um elenco de luxo! -, para além de Carlos Martins (saxofone e direcção musical), os fadistas Carlos do Carmo e Camané, a cantora cabo-verdiana Mayra Andrade (na foto), Bernardo Sassetti (piano), Nélson Cascais (contrabaixo), Alexandre Frazão (bateria) e a Orquestra Sinfonietta de Lisboa. O concerto - o segundo do projecto, depois da estreia em Grândola - está incluído na programação da Lisboa Mistura.

3 comentários:

Xana disse...

Foi uma apresentacao.. FASCINANTE

parabens a todos*

Bossa Nova Dream disse...

O album de Mayra Andrade " Navega", é uma maravilha!! Até mais.

António Pires disse...

Bossa Nova Dream:

É uma maravilha, sim!!! Dedico-lhe um texto (apaixonado) no meu post de 10 de Agosto de 2006 neste blog.

Um abraço