15 maio, 2007

Folk and Roll - Os Finalistas (e Nova Data)



O Concurso Folk and Roll, que se realiza no Contagiarte, Porto, saltou para o dia a seguir ao previsto: não será a 19 mas a 20 de Maio (próximo domingo, à noite). E entretanto já são conhecidos os finalistas desta primeira edição do concurso: os grupos Tor (do Fundão), Tanira (Lisboa), Pulga na Palha (Porto), Ra.in (Vila Nova de Gaia) e Pé na Terra (Ermesinde). O primeiro prémio do concurso - aberto a «projectos musicais na área da World Music, Tradicional ou Folk, sem trabalhos discográficos editados» -, recorde-se, dará direito a uma actuação no Festival Granitos Folk e a um misterioso «cabaz de produtos tradicionais»; com todos os grupos a ter como prémio de participação a gravação em CD e DVD (áudio e vídeo) da sua actuação, assim como o respectivo registo fotográfico. Do júri do concurso fazem parte Hugo Osga (músico dos Mu e organizador do concurso), Rui Oliveira (director artístico do Contagiarte e da Acaro), Avelino Tavares (Discantus/Mundo da Canção), Carlos Bartilotti (manager e produtor) e, hmmmm, António Pires (jornalista).

(a foto que encima este post é de Mário Pires, da Retorta)

7 comentários:

Rui Rebelo disse...

manda um abraço ao Osga.

António Pires disse...

Mando, sim senhor!!...

Abraço

un dress disse...

folk and roll no contagiarte!!

com cabaz de produtos tradicionais...!?

eu sei que não deve ter nada a ver mas fico com espírito natalício! :)


beijO

ANNA-LYS disse...

How are You my friend?

(( Abraço ))

António Pires disse...

Un-Dress:

Pois, também não sei o que está dentro do misterioso cabaz, mas também pensei em cabazes de Natal! No domingo logo descubro. Beijos...

Hello Anna-Lys!

I'm working, working, working... But I'm fine :)! And you?

((kram))

reiluis2001 disse...

Olá António,

Está-se mesmo a ver a razão da mudança do dia? para irem ver Dobet Gnahoré à Casa da Música? Boban Markovic em Santa Maria da Feira?

Bons concertos. Fico-me pelo eixo Alcoutim-Mértola. Espera-me Aida Nadeen e Baba Zula

abraços

lr

António Pires disse...

Pois, eu sei... Também queria muito ir ao Festival Islâmico (fala o «mouro» outra vez...) mas não consigo estar em dois sítios ao mesmo tempo como o meu santo homónimo (e a sua lendária ubiquidade!). Depois contas-me como foi...

Grande abraço