01 junho, 2007

Portugal a Rufar - Começa Já Hoje!


Só para relembrar: o Festival Portugal a Rufar começa hoje, na Fábrica Mundet, Seixal. E, para refrescar a memória, aqui recupero o texto publicado originalmente neste blog a 10 de Março (e que trovejem os tambores!!):

A 3ª edição do Festival Portugal a Rufar decorre dias nos 1, 2 e 3 de Junho na antiga Fábrica Mundet (onde decorria o saudoso Cantigas do Maio), no Seixal. Com direcção de Rui Júnior e organização do seu Tocá Rufar e da Câmara Municipal do Seixal, o Festival - o mais importante do país na apresentação de projectos ligados à percussão mas não se limitando, muitos deles, à percussão - conta este ano com a presença dos portugueses Be-dom, Kumpa'nia Al-gazarra, Bácoto, TJAK, Drumming, Stucatta, Pura Mistura, Finka-Pé, Bomba d'África, Lusocaboverdiana, Mu, OliveTree, Rhakatta, Tim Tim Por Tim Tum, Semente e Hugo Menezes, com o projecto alemão PAN, os espanhóis Ttukunak (na foto, de Lukas Beck), o grupo multinacional Folklore Magic (Bulgária, África, Austrália), o alemão Kai Vieweg e as orquestras de percussão Tocá Rufar, Equipe Espiral, Jogo do Pau, Instituto Jacób, Perc. da Esc. Cidade de Castelo Branco, Ajuda a Bombar e Bardoada. Workshops de fotografia e didgeridoo, uma feira, teatro de marionetas e infantil, um encontro de bateristas, animação digital e um grande desfile de orquestras pelas ruas do Seixal completam a saborosa ementa do próximo Portugal a Rufar. Fazendo nossas as palavas presentes no site do festival: «O Portugal a Rufar é uma festa para toda a família - bebés, crianças, adolescentes, adultos e idosos - que transporta o visitante através de uma alucinante viagem planetária, pelas origens étnicas e culturais de várias regiões e civilizações. O intercâmbio cultural e artístico, a troca de saberes e de experiências musicais, e sociais também, são igualmente exaltados nesta homenagem à percussão». Programa completo aqui.

9 comentários:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Portugal a rufar é simplesmente , genial.

Prestas aqui um autêntico serviço público.

Obrigada

António, quanto ao teu comentário, deixa-me dizer que aquele é um tema que me aflige de uma forma incontornável. Em Março passado e a propósito do filme "Diamante de Sangue" fiz um post só sobre os meninos soldados e após alguma investigação percebi que ainda há 200.000 meninos soldados em África”
(duzentos mil).É revoltante!
Creio que todos, os bloguers deviam focar este assunto nos seus espaços, será uma pequena medida de facto, mas sem dúvida mais uma forma de pressão e alerta.

Cumprimentos
T

António Pires disse...

Titá:

É sim senhor! Hoje não pude ir mas amanhã e domingo estarei lá, no Seixal!

Quanto ao teu post sobre as crianças - e mais especificamente sobre as crianças-soldado -, posso dizer-te que concordo absolutamente contigo e que fiz um post sobre o assunto o ano passado, no dia 22 de Novembro. É só seguir o link do mês aqui em baixo, à direita, se o quiseres ler. Começa assim: «São carne para canhão. Tenra e barata. Muitas vezes esfomeada. Outras vezes com sede de vingança. Crianças entre os seis e os dezassete anos que brincam às guerras nas guerras a sério». E sim, tens razão, há 200 mil crianças-soldado em África e mais cem mil no resto do mundo...

ANNA-LYS disse...

Ola António,

So we got us a Festival competition at the samr day ... well ... there are aeroplanes ... thank God.

;-)

Bjs

un dress disse...

bOm.dia.antónio!

cá por cima este fim.de.semana...
festa de serralves!!

grandes correrias entre jardins e espectáculos...!

vou ver o "aqui"...só para ter uma ideia. adoro percussões.
/rasgam.sons.../



abraÇo.beijO

António Pires disse...

Anna-Lys:

...And the aeroplanes fly high but the music fly higher :))

I can't imagine how is Halmstad these days :))

((Kram))


Un-Dress:

Pois, vais estar num acorreia e eu também porque o Portugal a Rufar também tem várias coisas a acontecer ao mesmo tempo... Por aí, no Serralves em Festa, não percas o Pangeia Instrumentos (do Victor Gama), o Panda Bear, a Mimi Goese (o que eu gosto desta cantora!!) e, claro, os Tocá Rufar - que fazem a união Porto/Seixal :))). Pois, e ainda tens o teatro e a dança, uffff...

Beijo e Abraço

menina limão disse...

escreveste uma crítica sobre o beirut, da qual me avisaste, mas eu nunca mais consigui vir cá. ainda nem li a crítica. absoluta falta de tempo. e como so teus textos merecem atenção, vou guardá-los para quando estiver mais desafogada, o que será em breve. só para saberes que não me esqueci. beijinho

Anónimo disse...

enorme abraço. sensibilizado.

boa tarde Musica.


piano. de imf.

António Pires disse...

Menina-Limão:

Volta quando puderes!! A crítica ao disco de Beirut anda aqui por baixo, algures... Beijinho.

Piano:

Boa-noite, Poesia! Espero continuar a lê-la se não no Piano, noutro lugar qualquer. Envie um sinal... Abraço.

orgasmus disse...

A música dos sentidos.